Agende uma Reunião

Desenvolvimento de habilidades sociais

O TEA (Transtorno do Espectro Autista) tem como uma de suas características a dificuldade de interação social, comunicação e aprendizado.

O TEA (Transtorno do Espectro Autista) tem como uma de suas características a dificuldade de interação social, comunicação e aprendizado.

No plano pedagógico, além do aprendizado, é de essencial importância a inclusão do aluno no ambiente escolar. Alunos com autismo podem ter dificuldades para interagir com os colegas de classe, professor e outros funcionários da escola, caracterizando uma disfunção nas habilidades sociais.

Para crianças com TEA, pode ser difícil a interação social pois isto envolve empatia, reciprocidade, saber se colocar no lugar do outro e modular a sua interação de acordo com estes sentimentos. Ao tornar a criança consciente destes sentimentos, fornecer um vocabulário adequado e dar dicas sobre as expressões faciais e comunicação não verbal, a criança pode desenvolver a sua habilidade social.

Regras e expectativas devem fazer parte do aprendizado para tornar a convivência agradável e motivadora, bem como comemorar vitórias e comportamentos apropriados.

O desenvolvimento das habilidades sociais leva tempo e dedicação constante, envolvendo o aluno, profissionais especializados, professores e educadores, além dos pais ou responsáveis. Esta competência social é desenvolvida através de intervenções de uma equipe multidisciplinar composta por pediatra, neuropediatra, psicólogo, fonoaudiólogo, pedagogo, terapeuta ocupacional, entre outros.

Com as terapias adequadas, as crianças dentro do espectro poderão ter maior interesse em assuntos relacionados a escola e aumentar a sua interação com o meio.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email