Agende uma Reunião

TEA-Estratégias para o desenvolvimento de habilidades sociais

Habilidades sociais e TEA
Confira algumas práticas que podem auxiliar no desenvolvimento de habilidades sociais.

As crianças diagnosticadas com TEA-Transtorno do Espectro Autista apresentam uma série de condições caracterizadas por algum grau de comprometimento no comportamento social, na comunicação e na linguagem, e por uma área estreita de interesses e atividades que são únicas para o indivíduo. Geralmente, elas possuem o desejo de interagir, mas não sabem o que fazer em novos cenários. 

Alguns pesquisadores apontam que se essas dificuldades não forem alvo de intervenções precocemente, podem se tornar mais frequentes durante o período da adolescência, pois é nessa fase em que as relações sociais se tornam mais complexas.

Por isso, hoje trouxemos algumas práticas que podem auxiliar pais, responsáveis e professores a desenvolver habilidades sociais. Confira a seguir! 

Como ensinar habilidades sociais

Vídeo modelação: A vídeo modelação também funciona como a demonstração de comportamentos alvos como modelos, a diferença é que esta prática é feita através de vídeos para a aprendizagem de determinados repertórios.

Os vídeos podem ser bons aliados para incentivar comportamentos e generalizar em contextos semelhantes. 

Criação e manutenção de rotina: crianças com TEA respondem melhor quando têm uma rotina bem definida, isso traz previsibilidade e direcionamento. A repetição de processos contribui muito para a aprendizagem e a melhora das habilidades sociais.

Ensino por tentativa discreta: O ensino por tentativas discretas tem um formato estruturado e se caracteriza por dividir unidades pequenas de instruções em pequenos passos ensinados um de cada vez durante uma série de tentativas.  Todas as habilidades podem ser fragmentadas e ensinadas por passos a depender do grau de complexidade e do tempo de respostas. Os aprendizados necessitam ser reforçados a cada passo e diferentes tipos de ajuda devem ser oferecidas começando pela ajuda total e seguindo até que a criança seja capaz de realizar de forma independente aquilo que foi proposto. 

Seguem três habilidades básicas importantes e pré-requisito para a aquisição de outros aprendizados sociais: 

Contato visual: Procurar, estabelecer e sustentar o contato visual é uma habilidade importante a ser aprendida pois é imprescindível para o estímulo do comportamento social e está intimamente ligado às áreas de maior comprometimento no espectro.

A comunicação e a interação: É pré-requisito no avanço de habilidades sociais o falar, responder quando solicitado, interessar-se pelo outro e sentir a necessidade da troca com os pares. O comportamento de ouvinte que trata de compreender instruções e transformá-las em ações também é uma habilidade de comunicação fundamental para que se estabeleçam interações sociais. 

Imitação: É a habilidade mais importante para a aquisição de novos aprendizados principalmente se tratando de habilidades sociais já que por meio da imitação somos capazes de nos portar em diferentes ambientes de acordo com as determinações sociais.

Aqui no PRÓXIMO DEGRAU, as crianças com TEA recebem um plano personalizado para que o tratamento traga os resultados positivos esperados.

Entre em contato conosco e saiba mais!

 
 
Confira mais artigos do nosso blog.
Comunicação alternativa-pecs

Comunicação Alternativa

Conheça as principais técnicas de Comunicação Alternativa e como elas podem desenvolver as habilidades e linguagens de crianças com TEA não verbal.

Leia mais »

Compartilhe